sábado, fevereiro 10, 2007

imagens que se colam ao peito (18)

'Doubting Thomas', óleo sobre tela, Stiftung Schlösser und Gärten, Sanssouci, Potsdam, Alemanha, Caravaggio

6 comentários:

Sandman of the Endless disse...

É, meu caro Vítor... Duvidemos de tudo, inclusive de nós mesmos e de nossas almas por demais combalidas...

casoual disse...

Tentando fazer aqui uma leitura, breve, ocorre-me sintetizar certas coisas de duas formas. Com Sto. Anselmo, que dizia: «Não tento, Senhor, penetrar na Tua altura para crer, pois não posso, de modo algum, a ela comparar a minha inteligência; mas desejo compreender o melhor possível a tua Verdade, que o meu coração crê e ama», a primeira; e a segunda, mais pessoal: aprendi algumas coisas com o virtual, uma delas a fazer uma auto-interrogação racional, conceptual, sobre o que está ou pode estar para além dele, embora nada disto seja novo (auto-interrogar-me não significa não confiar no que está para além de mim, mas perceber o que em mim toca no que o outro me apresenta); a ter um comportamento ético, para além da ânsia de reconhecimento que, humanamente, todos temos. E o “Eu sou eu e a minha circunstância” do Ortega y Gasset é bom que seja recordado, pois que nos ajuda mais a situarmo-nos perante nós próprios que perante os outros. E que tudo isto, em última instância, é «um processo» em que andamos todos a aprender, como sempre o homem andou, embora com outros instrumentos.
Enfim, que o grão germine e a espiga amadureça.
Abraços.

etanol disse...

Eu gostava de ver este quadro ao vivo, só vi uma cópia no castelo de Verona. Tenho de ir a Potsdam um dia...
Maria João

frosado disse...

a minha santa, agora, é a deusa Amá, mas ao Caravaggio, bem, a esse adoro-o. Um beijo grande, meu amigo.

Vítor Leal Barros disse...

carlos: gostei bastante da tua análise...(não há malogro e que vença essa vontade de aprender, é para isso que cá estamos)
estou em divida ctg, eu sei, mas em breve darei notícias...

a todos: aproveito a dica da maria joão, que tal uma viagenzinha a potsdam para duvidarmos ao vivo?
estou aberto a sugestões

etanol disse...

A treceira vez que fui a Roma, aliás, foi a primeira vez em que já era adulta, fui em peregrinação aos Caravaggios, nem vi o Papa!
Maria João