terça-feira, novembro 14, 2006

sublinhado (48)

- O que me agradou no seu discurso, é que você tinha o ar de pensar que as pessoas existem uma a uma, e não apenas nas grandes massas. (pág. 73)
O Sangue dos Outros (Público), Simone de Beauvoir

1 comentário:

luciana MELO disse...

Indivíduo X Sociedade... ó dilema! Impossível ouvir as massas se não particularizamos as vozes individuais. Eis porquê eu sempre tive dificuldade de entender discursos sem ruídos.