quarta-feira, abril 26, 2006

2 comentários:

CeciLia disse...

Ah, Vitor

As vidas são belas nos dentros, nos entornos e nas periferias dos desejos. É tÃo bom vir aqui! Estava com saudades de vocês.

Beijos na alma

Agripina Roxo disse...

Queria apenas rasgar um pouco do teu céu, para que nele pudesse caber uma estrela :)

A loucura não tem compaixão e o apenas torna-se demolidor :)

Obrigada pelas tuas palavras, são sempre uma agradável surpresa :)