quinta-feira, março 30, 2006

O Outro Lado (5)

6 comentários:

luciana MELO disse...

Neste momento em que te escrevo, chove muito na minha cidade e isso me renova. Parece que o céu está solidário... não sei se já te disse, mas eu adoro a chuva, adoro sair nela com o rosto e palmas das maõs na direção em que brotam as gotas, fico na infantil esperança de ver um buraquinho capaz de me mostrar um pedacinho do céu e saber como é lá.
Foto linda! Eu só diria à pessoa: levanta a cabeça!
Saudades,

Cláudia Neves disse...

Ficaste muito bem ;)
Beijo grande.

Vítor Leal Barros disse...

cláudia, não sou eu o modelo na foto... mas toda a gente pensa que sou... é interessante (realmente esta imagem deve dizer muito de mim)eu fui apenas o fotografo

Vítor Leal Barros disse...

lu, andaste lá perto na análise da foto "o levanta a cabeça"... o conjunto de fotos que agora publico no blogue "o outro lado" vem no seguimento de um texto com o mesmo título que publiquei no início da série... no texto acontecia uma espécie de metamorfose, como se houvesse necessidade de conhecer a escuridão para apreciar devidamente a luz... as fotografias são a narrativa imagética desse processo, no meu entender ainda mais rica graças ao abstracção e subjectividade de cada uma delas....

se te deres ao trabalho de fazer um flash back na série, perceberás que elas formam grupos de quatro unidades... esta é a primeira do segundo quarteto... depois do marasmo inicial, surge a interrogação da opção... mais não digo (ou digo apenas que a luz tende a aparecer à medida que a série avança para o final)

beijo grande...e desculpem a lenga-lenga (entusiasmei-me)

Cláudia Neves disse...

a uma primeira vista pareces mesmo tu! uma presença parecida com a tua...
beijo grande.

Sandman of the Endless disse...

Realmente, Vitor, a imagem é muito intuitiva e a luz formou um magnífico contraste. O conjunto diz muito, mostra muito. Captaste tudo bem por demais.